O Grêmio Esportivo Patobranquense, fundado no dia 26 de julho de 1972, teve como primeiro Presidente o Sr. Luigi Patriarcha, Aníbal Pais e Dolivar Lavarda. Em 1984 com a incorporação do Patrimônio do Grêmio Esportivo Patobranquense ao do Industrial Esporte Clube, surgiu o Grêmio Industrial Patobranquense, conforme deliberação da Assembléia Geral do dia 06 de maio de 1984,e teve como 1º Presidente o Sr. Flávio Ângelo Ceni.

A partir desta data assumiram a direção do Clube os Srs.:

  • Genésio de Oliveira;
  • Helio Gomes da Silva;
  • Ulisses Matioda;
  • Rogério Lora;
  • Luiz Francisco Beber;
  • Ivanir Bernardo Luvizão;
  • Gerson Luiz Simião;
  • Dirceu Dimas Pereira;
  • Luiz Antonio Ferreira;
  • Pedro Reinaldo Lorenzon;
  • Ângelo Gugelmin Sobrinho;
  • Claudemir Campoi Soler;
  • Gilmar Pedro Rezende;
  • Vilmar Luiz Ferri;
  • João Leonardo Barbosa;
  • Dirceu Rech.
  • Luiz Carlos Roza

Homens corajosos, empreendedores, homens sonhadores que lutaram, enfrentaram dificuldades, momentos difíceis para alguns que mesmo assim compraram, construíram, e inovaram. Homens que muitas vezes deixaram suas famílias de lado, para dedicarem-se ao sonho de tornar o Grêmio Industrial Patobranquense, um grande Clube.

Adquiriram terra, construíram piscinas, ginásio, ampliaram instalações, organizam as contas e administram com carinho, sempre pensando no bem estar e comodidade dos associados. Nos momentos de dificuldades contaram com o apoio do Conselho Deliberativo, órgão composto por trinta associados, eleitos por toda a Sociedade, para representa-los e defender seus direitos. Seu Luigi, Lavarda, Dr. Helio e Claudemir já não estão entre nós, mas aqui deixaram sua marca e fizeram sua história.